sábado, 1 de outubro de 2011

Exposição de Orquídeas encanta os visitantes

Euler, Francinete Simões, a orquídea vencedora e José Dalton: orquidófilos
Cataguases realiza pela primeira vez uma exposição de orquídeas, que acontece na sede do Lions Clube, que fica no início da Avenida Humberto Mauro. Com entrada franca e promovida pela Associação Orquidófila de Cataguases, o evento começou nesta sexta-feira, 30 de setembro, e termina no domingo, dia 2 de outubro, às 14 horas. Estão expostos cento e setenta vasos com cem espécies diferentes de orquídeas.

Participam da 1ª Exposição de Orquídeas de Cataguases, representantes das cidades de Juiz de Fora, Divinópolis, Oliveira e Santos Dumont, conforme revelou o vice-presidente da entidade, Euler de Almeida. Praxe em evento desta natureza as orquídeas foram julgadas por dois juízes: Geraldo Magela Fonseca, da cidade de Divinópolis e por Márcio Siqueira, do município de Oliveira, e que representou a Coordenadoria das Associações Orquidófilas do Brasil. Juiz de Fora recebeu o maior número de prêmios, informou Euler “mas Cataguases ganhou o prêmio mais importante”, destacou.

A Associação Orquidófila Cataguasense foi fundada há dois anos e conta com cinco sócios fundadores e nove associados. “Nosso objetivo é divulgar a orquidofilia que é uma prática saudável e fácil; não requer nem muito espaço, pois as orquídeas podem ser cultivadas dentro da própria casa”, disse Euler que tem dezoito anos de atuação na área. A atual presidente da entidade é Flávia Simões. No sábado à tarde foi ministrado um minicurso por Vinicius Siervi sobre noções básicas do cultivo de orquídeas para os visitantes interessados.

Assista agora ao vídeo produzido no local e veja as fotos das orquídeas (clique sobre as fotos para ampliar).









video

Prefeitura de Além Paraíba informatiza distribuição de remédios

A Prefeitura de Além Paraíba está investindo em avanços tecnológicos para oferecer mais agilidade, segurança e melhores condições de atendimento à população. Exemplo disto é a distribuição de medicamentos do SUS que conta, agora, com um sistema de ponta, que já se mostrou eficiente ao acelerar o acesso da população ao remédio que necessita. A ação é uma parceria entre as Secretarias de Administração, Saúde e o Setor de Informática da Prefeitura.
Para o Secretário Municipal de Saúde, Aílton Regazio, o sistema é eficaz e proporciona economia nos gastos, redução de desperdício, mais controle na compra e distribuição dos medicamentos e, principalmente, uma melhor administração evitando, inclusive, a falta deste produto no setor. “O usuário poderá também retirar o seu remédio no posto de saúde mais perto de sua residência e, posteriormente, através da internet, onde será possível verificar sua disponibilidade no estoque”, explicou.
De acordo com o Prefeito Wolnei de Freitas, o Wolninho, otimizar o processo de distribuição de medicamentos é, para ele, o maior mérito desta iniciativa. “Na administração, por exemplo, o gestor do sistema saberá exatamente qual o consumo de cada medicamento, em cada posto, proporcionando melhor distribuição e troca entre as unidades”, ressalta. O Setor de Informática da Prefeitura, responsável pela implantação do projeto, treinamento de pessoal e suporte técnico, informa que o sistema já funciona em caráter experimental, na unidade de saúde Alice Fernandes, no Morro Santa Rosa.
A partir desta segunda-feira, 3, o novo sistema passará a funcionar no Centro Municipal de Especialidades Clínicas (CMEC). Em seguida, o processo de implantação atingirá cada unidade de saúde, até completar toda a rede. Inclusive a do Distrito de Angustura que já está informatizada. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Além Paraíba, quem ainda não tem o Cartão SUS deverá providenciar, pois faz parte da documentação exigida para obter o medicamento. Para isso, basta procurar a Secretaria de Saúde levando carteira de identidade ou certidão (menores), CPF e comprovante de residência. (Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Além Paraíba)

Mineração Rio Pomba em Miraí vai receber dois certificados ISO

A Unidade Bom Jardim da Mineração Rio Pomba Cataguases pertencente às Empresas BAUMINAS, e que está localizada no município de Miraí, recebeu no último dia 22 de setembro, a recomendação de “Sistema de Gestão Integrado certificado conforme as Normas de referência ISO 9001:2008 e ISO 14001:2004”. Segundo Domingos Ciribelli, representante da direção junto ao Sistema de Gestão Integrada, há mais de um ano a Unidade Bom Jardim da Mineração Rio Pomba Cataguases vem se empenhando em obter as certificações mencionadas.

“Esta conquista comprova a postura da empresa frente a uma nova realidade onde ter qualidade processual aliada a preservação do meio ambiente são peças fundamentais para a sobrevivência de qualquer organização”, salientou. Domingos disse ainda que a garantia da qualidade do processo produtivo da Mineradora, bem como a harmonia entre produtividade e meio ambiente, “formam as bases desta certificação, que marca uma nova era na mineração, focada, acima de tudo, na sustentabilidade do empreendimento”.

O Sistema de gestão de qualidade ISO 9001:2008 - funciona em todo o mundo visando garantir a qualidade do processo produtivo das indústrias em geral. A empresa que consegue esta certificação revela que a sua produção tem padrão de qualidade reconhecido em todo o mundo. Já o Sistema de gestão de qualidade ISO 14001:2004 - também reconhecido mundialmente - garante a preservação ambiental durante o processo de produção e ainda cria controles para proteger a fauna e a flora. Ter estes dois certificados ISO significa que a empresa adota um padrão mundial de qualidade em dois quesitos: meio ambiente e processo produtivo.

Domingos exemplifica: “O procedimento adotado pela empresa que detém os Ceritifcados ISO, além de ter todos os seus processos mapeados, consegue antecipar com rapidez possíveis problemas e agir antes que aconteçam. E vai além disso porque ele também busca a redução de custos e otimização de recursos”, acrescenta. A certificação da Mineração Rio Pomba Unidade Bom Jardim foi recomendada por uma das mais respeitadas empresas de certificação ISO no mundo, a francesa Bureau Veritas. É ela quem faz as auditorias para ver se estamos atendendo as normas e, em seguida, o INMETRO faz a acreditação final, ou seja, confirma a concessão”, completou o representante da mineradora.
Vista panorâmica da Mineradora Bom Jardim, em Mirai.

Greve geral dos bancários segue forte e coesa

O Sindicato dos Bancários de Cataguases e Região divulgou no final da tarde desta sexta-feira, 30, um balanço dos quatro primeiros dias de greve não só na sua base de atuação, bem como em todo o Brasil. De acordo com o Presidente da entidade, José Antônio Silva, o cenário da greve continua expressando o firme propósito desses trabalhadores em conseguirem suas reivindicações.

O Movimento Grevista em Cataguases, Leopoldina e Além Paraíba continua forte e coeso com paralisações em todos os Bancos – Públicos e Privados. Segundo José Antônio Silva, “A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT) contabiliza que 7.672 agências e centros administrativos de instituições financeiras públicas e privadas estão com suas atividades paralisadas. Essa é a resposta ao silêncio da FENABAN e das Presidências dos Bancos Estatais”, acrescentou.


As Negociações:

Até a noite de sexta-feira, 30 de setembro, nenhuma negociação estava marcada com a Federação Nacional dos Bancos (FENABAN). “Enquanto o impasse persistir, com os banqueiros não melhorando sua proposta para o acordo coletivo deste ano através do qual os bancários exigem 12,8% (correspondentes à inflação mais 5% aumento real), PLR condizente com os lucros dos bancos que foram bem superiores aos do ano passado, valorização dos pisos e das verbas salariais, proteção aos postos de trabalho e mais contratações para a melhoria do atendimento à população; melhores condições de trabalho, de saúde e de segurança, fim do assédio moral e das metas abusivas, a Greve continuará forte e coesa” – concluiu José Antônio Silva.