quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Cataguases vai ganhar uma UPA - 24 horas

O Procurador Geral do Município, advogado Roosevelt Pires, revelou com exclusividade para o Blog do Marcelo Lopes que Cataguases vai ganhar uma Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 h – do Ministério da Saúde. Ainda sem data definida para começar a ser construída, pois aguarda a definição do local por parte da prefeitura, espera-se que a nova unidade de saúde comece a funcionar no segundo semestre de 2012.

A UPA foi criada pelo governo federal para evitar que casos de menor gravidade sejam encaminhados para as unidades hospitalares. As UPAs funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana, e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. As UPAs inovam ao oferecer estrutura simplificada - com Raio X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação.

Nas localidades que contam com as UPAs, 97% dos casos são solucionados na própria unidade. Quando o paciente chega às unidades, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Eles analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por 24 horas.

Esta pode ser a fachada da UPA em Cataguases

Cataguases vai receber uma UPA de classe 1 voltada para atender população que varia entre 50 mil e 100 mil habitantes. Assim ela poderá realizar entre 50 e 150 atendimentos médicos por dia, terá no mínimo dois médicos plantonistas, sendo um clínico geral e outro pediatra, obrigatoriamente, e vai oferecer de 5 a 8 leitos de observação podendo este número ser ampliado. Para isso o governo federal vai investir cerca de R$1.400.000,00 em sua construção e montagem.

Sobre a localização da UPA Roosevelt revela duas possibilidades. “A primeira é para seja construída onde foi a antiga policlínica e a segunda, no terreno próximo ao prédio da Casa de Maria, no bairro Bela Vista”. O Blog apurou, no entanto, a existência, dentro do próprio governo, de uma linha de pensamento defendendo sua instalação em bairros distantes, como Taquara Preta, por exemplo, o que facilitaria o socorro no curto prazo, além de dotar a região de uma unidade de saúde de ponta.

4 comentários:

  1. José Carlos Figueiredo3 de novembro de 2011 20:13

    Boa noite AMIGOS. Como pode ser num bairro distante se existe outro mais distante ainda do Bairro Taquara Preta, como São Diniz, sereno, Pampulha, Granjaria São Vicente, Vila Reis, Carijós, Ana carrara, Vila Leonardo, e outros... Isto não vai facilitar em nada. Por quê não ao lado da Casa de Maria. Uma obra central. Muito mais fácil para todos.JC Figueiredo.

    ResponderExcluir
  2. Legal isso, mesmo muito devagar mas dá para ver que Cataguases está evoluindo,esperamos q seja algo bom para nos e não mas um joguinho de politica para arrecadar dinheiro para campanha politica do ano que vem

    ResponderExcluir
  3. Mto bom isso meu amigo...tomara q não aconteça como aki no Rio, quebra o ultrassom e o raio X, ninguém conserta, fica uma assistente social e um clínico sozinhos. Metade só funciona pra inglês ver...
    abs Douglas Collings

    ResponderExcluir
  4. José Fernando Sereno4 de novembro de 2011 19:05

    O José Carlos Figueiredo foi muito feliz no se comentário, se a UPA é para 50 a 100 mil habitantes, ela tem que ficar numa área central da cidade que possa atender a todos, e não a uma região.

    ResponderExcluir